segunda-feira, 29 de setembro de 2008

O «fair-play» (às vezes) não é uma treta


O encontro da Série A, realizado no passado Domingo, entre o Palermo e a Reggina, mostrou ao mundo um acto de «fair-play», daqueles que será preciso passar muitos anos até que se volte a ver algo parecido.
A dada altura da partida, o avançado Franco Brienza surgiu isolado sobre a direita na área do Palermo mas, ao aperceber-se que Balzaretti (Palermo) e Corradi (Reggina) estavam lesionados e caídos no relvado a pedir assistência, decidiu parar a jogada e não fazer o um golo quase certo e deixou a bola nos pés do guarda-redes siciliano.
Mais tarde, o ex-benfiquista Miccoli acabou por marcar para o Palermo garantir os três pontos para a equipa siciliana, mas o grande vencedor do jogo, até pela coragem do acto e por nos mostrar que o «fair-play» (às vezes) não é uma treta, foi mesmo Franco Brienza.

1 comentário:

AZUL DRAGÃO disse...

Bela atitude (só ao alcance dos verdadeiros desportistas)!